VEM FAZER HISTÓRIA!!! SEJAM BEM VINDOS!!!.

sábado, 25 de abril de 2009

ROBERTO CARLOS Álbuns (Ano - Título - Canções)


Muito legal ver quanta arte foi produzida por Roberto Carlos nesses 50 anos de trabalho. Vejam só:


1961 Louco por Você - Não é Por Mim / Olhando Estrelas (Look For a Star) / Só Você / Mr. Sandman / Ser Bem / Chore Por Mim (Cry Me A River) / Louco Por Você (Careful, Careful) / Linda / Chorei / Se Você Gostou / Solo Per Te / Eternamente (Forever)

1963 Splish Splash - Parei Na Contramão / Quero Me Casar Contigo / Splish Splash / Só Por Amor / Não Lua Não Há / É Preciso Ser Assim / Onde Anda O Meu Amor / Nunca Mais Te Deixarei / Professor de Amor (I Gotta Know) / Baby, Meu Bem / Oração de Um Triste / Relembrando Malena

1964 É Proibido Fumar - É Proibido Fumar / Um Leão Está Solto Nas Ruas / Rosinha / Broto Do Jacaré / Jura-Me / Meu Grande Bem / O Calhambeque (Road Hog) / Minha História de Amor / Nasci Para Chorar (Born To Cry) / Amapola / Louco Não Estou Mais / Desamarre O Meu Coração (Unchain My Heart)


1964 Roberto Carlos Canta A La Juventud - Es Prohibido Fumar / Un Leon Se Escapo / Rosa, Rosita / La Chica Del Gorro / Jurame / Mi Gran Amor / Mi Cacharrito / Mi Historia de Amor / Naci Pra Llorar / Amapola / Loco No Soy Mas / A Beira Do Pantanal

1965 Roberto Carlos Canta Para A Juventude - História de Um Homem Mau (Ol’Man Mose) / Noite de Terror / Como É Bom Saber / Os Sete Cabeludos / Parei... Olhei / Os Velhinhos / Eu Sou Fã Do Monoquíni / Aquele Beijo Que Te Dei / Brucutu (Alley-Oop) / Não Quero Ver Você Triste / A Garota Do Baile / Rosita

1965 Jovem Guarda - Quero Que Vá Tudo Pro Inferno / Lobo Mau (The Wanderer) / Coimbra / Sorrindo Para Mim / O Feio / O Velho Homem Do Mar / Eu Te Adoro Meu Amor / Pega Ladrão / Gosto Do Jeitinho Dela / Escreva Uma Carta Meu Amor / Não É Papo Pra Mim / Mexerico Da Candinha

1966 Roberto Carlos - Eu Te Darei O Céu / Nossa Canção / Querem Acabar Comigo / Esqueça (Forget Him) / Negro Gato / Eu Estou Apaixonado Por Você / Namoradinha de Um Amigo Meu / O Gênio / Não Precisas Chorar / É Papo Firme / Esperando Você / Ar de Bom Moço

1967 Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura - Eu Sou Terrível / Como É Grande O Meu Amor Por Você / Por Isso Corro Demais / Você Deixou Alguém A Esperar / de Que Vale Tudo Isso / Folhas de Outono / Quando / É Tempo de Amar / Você Não Serve Pra Mim / E Por Isso Estou Aqui / O Sósia / Só Vou Gostar de Quem Gosta de Mim

1968 O Inimitável - E Não Vou Mais Deixar Você Tão Só / Ninguém Vai Tirar Você de Mim / Se Você Pensa / É Meu, É Meu, É Meu / Quase Fui Lhe Procurar / Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo / As Canções Que Você Fez Pra Mim / Nem Mesmo Você / Ciúme de Você / Não Há Dinheiro Que Pague / O Tempo Vai Apagar / A Madrasta

1969 Roberto Carlos - As Flores Do Jardim Da Nossa Casa / Aceito Seu Coração / Nada Vai Me Convencer / Do Outro Lado Da Cidade / Quero Ter Você Perto de Mim / Diamante Cor-de-Rosa / Não Vou Ficar / As Curvas Da Estrada de Santos / Sua Estupidez / Oh, Meu Imenso Amor / Não Adianta / Nada Tenho A Perder

1970 Roberto Carlos - Ana / Uma Palavra Amiga / Vista A Roupa Meu Bem / Meu Pequeno Cachoeiro (Meu Cachoeiro) / O Astronauta / Se Eu Pudesse Voltar No Tempo / Preciso Lhe Encontrar / Minha Senhora / Jesus Cristo / Pra Você / 120...150...200 Km Por Hora / Maior Que O Meu Amor

1971 Roberto Carlos - Detalhes / Como Dois E Dois / A Namorada / Você Não Sabe O Que Vai Perder / Traumas / Eu Só Tenho Um Caminho / Todos Estão Surdos / Debaixo Dos Caracóis Dos Seus Cabelos / Se Eu Partir / I Love You / de Tanto Amor / Amada, Amante

1972 Roberto Carlos - À Janela / Como Vai Você / Você É Linda / Negra / Acalanto / Por Amor / À Distância / A Montanha / Você Já Me Esqueceu / Quando As Crianças Saírem de Férias / O Divã / Agora Eu Sei

1973 Roberto Carlos - A Cigana / Atitudes / Proposta / Amigos, Amigos / O Moço Velho / Palavras / El Dia Que Me Quieras / Não Adianta Nada / O Homem / Rotina

1974 Roberto Carlos - Despedida / Quero Ver Você de Perto / O Portão / Ternura Antiga / Você / É Preciso Saber Viver / Eu Quero Apenas / Jogo de Damas / Resumo / A Deusa Da Minha Rua / A Estação / Eu Me Recordo (Yo Te Recuerdo)

1975 Roberto Carlos - Quero Que Vá Tudo Pro Inferno / O Quintal Do Vizinho / Inolvidable / Amanheceu / Existe Algo Errado / Olha / Além Do Horizonte / Elas Por Elas / Desenhos Na Parede / Seu Corpo / El Humahuaqueño / Mucuripe

1976 San Remo 1968 - Canzone Per Te / Eu Daria A Minha Vida / Maria, Carnaval E Cinzas / Você Me Pediu / Com Muito Amor E Carinho / Sonho Lindo / Un Gatto Nel Blu / O Show Já Terminou / Ai Que Saudades Da Amélia / Custe O Que Custar / Eu Amo Demais / Eu Disse Adeus

1976 Roberto Carlos - Ilegal, Imoral Ou Engorda / Os Seus Botões / O Progresso / Preciso Chamar Sua Atenção / O Dia-A-Dia / Pelo Avesso / Você Em Minha Vida / A Menina e o Poeta / Comentários / Minha Tia / Um Jeito Estúpido de Te Amar / Por Motivo de Força Maior

1977 Roberto Carlos - Amigo / Nosso Amor / Falando Sério / Muito Romântico / Solamente Una Vez / Ternura (Somehow It Got To Be Tomorrow) (Today) / Cavalgada / Não Se Esqueça de Mim / Jovens Tardes de Domingo / Pra Ser Só Minha Mulher / Outra Vez / Sinto Muito, Minha Amiga

1978 Roberto Carlos - Fé / A Primeira Vez / Mais Uma Vez / Lady Laura / Vivendo Por Viver / Música Suave / Café Da Manhã / Tente Esquecer / Força Estranha / Por Fin Mañana / Todos Os Meus Rumos

1979 Roberto Carlos - Na Paz Do Seu Sorriso / Abandono / O Ano Passado / Esta Tarde Vi Llover / Me Conte A Sua História / Desabafo / Voltei Ao Passado / Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo / Costumes / Às Vezes Penso

1980 Roberto Carlos - A Guerra Dos Meninos / O Gosto de Tudo / A Ilha / Eu Me Vi Tão Só / Passatempo / Não Se Afaste de Mim / Procura-se / Amante à Moda Antiga / Tentativa / Confissão

1981 Roberto Carlos - Ele Está Pra Chegar / Simples Mágica / As Baleias / Tudo Pára / Doce Loucura / Cama E Mesa / Emoções / Quando O Sol Nascer / Eu Preciso de Você / Olhando Estrelas

1982 Roberto Carlos - Amiga / Coisas Que Não Se Esquece / Fim de Semana / Pensamentos / Quantos Momentos Bonitos / Meus Amores Da Televisão / Fera Ferida / Como é Possível / Recordações / Como Foi

1983 Roberto Carlos - O Amor é a Moda / Recordações e Mais Nada / Estou Aqui / Preciso de Você / Me Disse Adeus / Você Não Sabe / O Côncavo e o Convexo / No Mesmo Verão / Perdoa / A Partir Desse Instante

1984 Roberto Carlos - Coração / Eu e Ela / Aleluia / Lua Nova / Cartas de Amor (Love Letters) / Caminhoneiro (Gentle On My Mind) / Eu Te Amo (And I Love Hair) / Sabores / As Mesmas Coisas

1985 Roberto Carlos - Verde e Amarelo / de Coração Pra Coração / Só Vou Se Você For / Paz Na Terra / Contradições / Pelas Esquinas de Nossa Casa / Símbolo Sexual / A Atriz / Você Na Minha Mente / Da Boca Pra Fora

1986 Roberto Carlos - Apocalipse / Do Fundo Do Meu Coração / Amor Perfeito / Quando Vi Você Passar / Eu Sem Você / Nêga / O Nosso Amor / Tente Viver Sem Mim / Aquela Casa Simples / Eu Quero Voltar Pra Você

1987 Roberto Carlos - Tô Chutando Lata / Menina / Águia Dourada / Coisas Do Coração / Canção Do Sonho Bom / O Careta* / Antigamente Era Assim / Ingênuo e Sonhador / Aventuras / Todo Mundo Está Falando (Everybody’s Talking)
* A canção foi retirada da discografia depois que ela se tornou objeto de um processo de plágio movido por Sebastião Braga, que alegou que sua melodia era semelhante à da canção Loucuras de amor, de sua autoria. Após anos de processo, houve um acordo entre ambas as partes, e Roberto Carlos aceitou pagar a quantia de R$ 3.800.172,24 a Sebastião, além de em novas edições do disco, aparecer o crédito dele na co-autoria. Na caixa Pra sempre - Anos 80 esta canção foi suprimida do disco de 1987. Sebastião Braga faleceu em 2005.

1988 Roberto Carlos Ao Vivo (1988) - Abertura [instrumental] / Proposta / Emoções / Lobo Mau (The Wanderer) / Eu Sou Terrível / Amante à Moda Antiga / Canzone Per Te / Outra Vez / Seu Corpo / Café da Manhã / Os Seus Botões / Falando Sério / O Côncavo e o Convexo / Eu e Ela / Detalhes / Imagine / Ele Está Pra Chegar

1988 Roberto Carlos - Se Diverte e Já Não Pensa Em Mim / Todo Mundo É Alguém / Se Você Disse Que Não Me Ama / Como as Ondas Do Mar / Se O Amor Se Vai (Si El Amor Se Va) / Papo de Esquina / Eu Sem Você / O Que é Que Eu Faço / Toda Vã Filosofia / Volver

1989 Roberto Carlos - Na Paz Do Seu Sorriso / Abandono / O Ano Passado / Esta Tarde Vi Llover / Me Conta A Sua História / Desabafo / Voltei Ao Passado / Meu Querido, Meu Velho, Meu Amigo / Costumes / Às Vezes Penso

1989 Roberto Carlos - Amazônia / Tolo / O Tempo e o Vento / Se Você Me Esqueceu (Si Me Vas a Olvidar) / Pássaro Ferido / Nem Às Paredes Confesso / Só Você Não Sabe / Sonrie (Smile) / Se Você Pretende

1990 Roberto Carlos - Super Herói / Meu Ciúme / Por Ela (Por Ella) / Pobre de Quem Me Tiver Depois de Você / Cenário / Quero Paz / Um Mais Um / Porque a Gente se Ama / Como as Ondas Voltam Para o Mar / Mujer

1991 Roberto Carlos - Todas as Manhãs / Primeira Dama / Se Você Quer (Si Piensas... Si Quieres) / Não Me Deixe / Oh, Oh, Oh, Oh / Luz Divina / Pergunte Pro Seu Coração / Diga-Me Coisas Bonitas / Mudança

1992 Roberto Carlos - Você é Minha / Mulher Pequena / de Coração / Você Como Vai? (E Tu Como Stai?) / Dito e Feito / Herói Calado / Eu Preciso Desse Amor / Você Mexeu Com a Minha Vida / Dizem Que Um Homem Não Deve Chorar (Nova Flor / Los Hombres No Deben Llorar) / Una En Un Millón

1992 Roberto Carlos - Emoções / Detalhes / Outra Vez / Os Seus Botões / Proposta / Ele Está Pra Chegar / O Portão / Falando Sério / Cavalgada / Café Da Manhã / Desabafo / Eu e Ela

1993 Inolvidables - Amigo (Amigo) / Desahogo (Desabafo) / Un Millon de Amigos (Eu Quero Apenas) / Inolvidable / La Distancia (A Distância) / Lady Laura (Lady Laura) / Propuesta (Proposta) / Amante A La Antiga (Amante à Moda Antiga) / El Dia Que Me Quieras / Amada, Amante (Amada, Amante)

1993 Roberto Carlos - O Velho Caminhoneiro / Coisa Bonita / Hoje é Domingo / Obsessão / Nossa Senhora / Tanta Solidão / Se Você Pensa / Parabéns / Mis Amores

1994 Roberto Carlos - Alô / Quero Lhe Falar Do Meu Amor / O Taxista / Custe O Que Custar / Jesus Salvador / Meu Coração Ainda Quer Você / Quando a Gente Ama / Silêncio / Eu Nunca Amei Alguém Como Eu Te Amei

1995 Roberto Carlos - Amigo Não Chore Por Ela / O Charme dos Seus Óculos / O Coração Não Tem Idade / Pra Ficar Com Você / Quando Eu Quero Falar com Deus / Romântico / Nunca Te Esqueci / Quase Fui Lhe Procurar / Sonho de Amor

1996 Roberto Carlos - Mulher de 40 / Cheirosa / Quando Digo Que Te Amo / Amor Antigo / Como e Grande o Meu Amor Por Você / O Terço / Tem Coisas Que a Gente Não Tira Do Coração / Comandante Do Seu Coração / Assunto Predileto / O Homem Bom

1997 Canciones Que Amo - Abrázame Asi / Adios / Niña / Las Muchachas de La Plaza España / El Manicero / Coração de Jesus / Mi Carta / Esta Tarde Vi Llover / Insensatez / Se Me Olvido Otra Vez

1998 Roberto Carlos - Meu Menino Jesus / O Baile Da Fazenda / Eu Te Amo Tanto / Vê Se Volta Pra Mim / de Tanto Amor / Debaixo dos Caracóis de Seus Cabelos / Nossa Canção / Amada, Amante / Falando Sério / Outra Vez

1999 Mensagem - Jesus Cristo / Nossa Senhora / Luz Divina / O Terço / Jesus Salvador / Aleluia / Fé / A Montanha / Estou Aqui / Ele Está Pra Chegar / Quando Eu Quero Falar Com Deus / Coração de Jesus

1999 Grandes Sucessos - Disco 1: Todas As Nossas Senhoras / Detalhes /Lady Laura / Quando Eu Quero Falar Com Deus / Como É Grande O Meu Amor Por Você / O Calhambeque (Road Hog) / Não Quero Ver Você Triste / Nossa Senhora / Debaixo Dos Caracóis de Seus Cabelos / O Portão / Fera Ferida / Como Vai Você / Proposta / Cavalgada / Outra Vez
Disco 2: Eu Te Amo Tanto / Jesus Salvador / Quero Lhe Falar Do Meu Amor / Emoções / Amigo (Amigo) / Caminhoneiro / Falando Sério / Desabafo / Amada, Amante (Amada, Amante) / Assunto Predileto / Café Da Manhã / Mulher de 40 / Alô / Aleluia / Canzone Per Te

2000 Grandes Canciones - Disco 1: Emociones (Emoções) / Detalles (Detalhes) / Jesucristo (Jesus Cristo) / Un millón de amigos (Eu Quero Apenas) / La distancia (A Distância) / El día que me quieras / Que será de ti (Como Vai Você) / Propuesta (Proposta) / Amada, Amante / La paz de tu sonrisa (Na Paz Do Teu Sorriso) / Cama y Mesa (Cama e Mesa) / Desahogo (Desabafo) / Si el amor se va / Desayuno (Café da Manhã) / No te apartes de mi (Não Se Afaste de Mim)
Disco 2: Luz Divina / Amigo / Lady Laura / Mujer Pequeña (Mulher Pequena) / La montaña (A Montanha) / Amante a la antigua (Amante à Moda Antiga) / Abrázame Así / Esta tarde vi llover / Símbolo sexual (Símbolo Sexual) / Por ella / El gato que está triste y azul (Un gatto nel blu) / Tengo que olvidar / Cóncavo y convexo (O Côncavo e o Convexo) / El amor y la moda (O Amor e a Moda) / Camionero (Caminhoneiro)

2000 Amor Sem Limite - O Grande Amor Da Minha Vida / Amor Sem Limite / O Grude (Um Do Outro) / O Amor É Mais / Eu Te Amo Tanto / Tudo / Tu És a Verdade, Jesus / Mulher Pequena / Quando Digo Que Te Amo / Momentos Tão Bonitos

2001 Acústico MTV - Além Do Horizonte / As Curvas Da Estrada de Santos / Parei Na Contramão / Detalhes / Por Isso Corro Demais / É Proibido Fumar / Todos Estão Surdos / Eu Te Amo Tanto / O Grude (Um Do Outro) / Eu Te Amo, Te Amo, Te Amo / O Calhambeque (Road Hog) / É Preciso Saber Viver / Emoções / Jesus Cristo

2002 Roberto Carlos - Seres Humanos (ao vivo) / Emoções (ao vivo) / Como É Grande O Meu Amor Por Você (ao vivo) / Amor Perfeito (ao vivo) / Parei Na Contramão (ao vivo) / Força Estranha (ao vivo) / E Por Isso Estou Aqui (ao vivo) / Proposta (ao vivo) / Luz Divina (ao vivo) / Eu Te Amo Tanto (ao vivo) / Amor Sem Limite [versão ao vivo] / Jesus Cristo (ao vivo) / Se Você Pensa (Memê Super Club Mix 2002) / O Calhambeque (Road Hog) [remix]

2003 Pra Sempre - Pra Sempre / Todo Mundo Me Pergunta / Acróstico / Com Você / O Encontro / Como Eu Te Amo / O Cadillac / Seres Humanos / História de Amor / Eu Vou Sempre Amar Você

2004 Pra Sempre Ao Vivo - Emoções / Café da Manhã / Ilegal, Imoral ou Engorda / O Calhambeque / O Cadillac / Acróstico / Olha / Os Seus Botões / Outra Vez / Pra Sempre / Cavalgada

2005 Roberto Carlos - Promessa / A Volta / O Amor é Mais / Arrasta uma Cadeira / O Baile da Fazenda / Coração Sertanejo / Índia / Meu Pequeno Cachoeiro / Loving You

2006 Roberto Carlos: Duetos - Pot-Pourri:(Tutti-Fruti/Long Tall Sally/Hound Dog/Blue Suede Shoes/Love me Tender) / Ternura / Ligia / Coração de Estudante / Sua Estupidez / Mucuripe / Amazônia / Desabafo / Se Você Quer / Rei do Gado / Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim / Alegria, Alegria / Além do Horizonte / Jovens Tardes de Domingo

2008 Roberto Carlos En Vivo - Intro / Emociones / Qué Será de Ti / Cama y Mesa / Detalles / Desahogo / El Día Que Me Quieras / O Calhambeque (Mi Cacharrito) / Mujer Pequeña / Acróstico / Propuesta / Concavo y Convexo / La Distancia / Amigo / Jesus Cristo / Amada Amante / Un Gato en La Oscuridad (Un Gato Nel Blu) / Yo Solo Quiero (Un Millón de Amigos)

2008 Roberto Carlos e Caetano Veloso e a música de Tom Jobim - Garota De Ipanema / Wave / Águas De Março / Por Toda Minha Vida / Ela É Carioca / Inútil Paisagem / Meditação / O Que Tinha De Ser / Insensatez (Insensatez) / Por Causa De Você / Lígia / Corcovado / Samba Do Avião / Eu Sei Que Vou Te Amar - Soneto Da Fidelidade / Tereza Da Praia / Chega De Saudade



ROBERTO CARLOS - 50 ANOS DE MÚSICA

Não poderia deixar de registrar no blog os 50 anos de música de Roberto Carlos - o Rei - como é aclamado. Segue para vocês, um resumo (é uma síntese mesmo!) da tragetória desse grande cantor e compositor.
Mais informações podem ser encontradas no site fonte, de onde busquei as informações que estou postando, ok?! Agora, desfrutem um pouco da história de RC, como eu curti muito conhecer! Ah, no final do post, veja onde e quando serão os shows realizados aqui em Pernambuco!

Roberto Carlos Braga (Cachoeiro de Itapemirim, 19 de abril de 1941) é um cantor e compositor brasileiro.

É o artista latino-americano que teve mais discos vendidos e o cantor brasileiro que mais vendeu discos no mundo. Em 50 anos de carreira, completados em 2009, vendeu cerca de cem milhões de álbuns. Os temas que mais aparecem em suas composições (em parceria com Erasmo Carlos) são o amor e a fé.
Veja um resumo da sua trajetória

Infância
Nascido no interior do Espírito Santo, na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, é o quarto e último filho do relojoeiro Robertino Braga e da costureira Laura Moreira. A família morava no bairro do Recanto, numa casa modesta, no alto de uma ladeira. Os demais membros da família eram: Lauro Roberto Braga, Carlos Alberto Braga e Norma Moreira Braga, a qual Roberto Carlos carinhosamente chamava Norminha.

Apelidado na infância como "Zunga", ainda criança aprendeu a tocar violão e piano - a princípio com sua mãe e, posteriormente, no Conservatório Musical de Cachoeiro de Itapemirim. O ídolo na época era Bob Nelson, um artista brasileiro que se vestia de cowboy e cantava música "country" em português.

Incentivado pela mãe, cantou pela primeira vez em um programa infantil na Rádio Cachoeiro, aos nove anos. Apresentou-se cantando o bolero "Amor y más amor". Como prêmio pelo primeiro lugar, recebeu balas. O cantor recordaria anos depois o momento, relatado na obra "Roberto Carlos em Detalhes", de Paulo Cesar de Araújo: "Eu estava muito nervoso, mas muito contente de cantar no rádio. Ganhei um punhado de balas, que era como o programa premiava as crianças que lá se apresentavam. Foi um dia lindo." Tornou-se então presença assídua do programa, todos os domingos acreditando no seus sonhos de cantar.

Durante a infância sofreu um acidente ferroviário, que feriu gravemente sua perna, que teve de ser amputada, substituida por uma prótese.



Início: mudança para o Rio de Janeiro
Na segunda metade dos anos cinqüenta, mudou-se para Niterói. Seguindo a tendência juvenil da época, entrou em contato com um novo ritmo musical, o Rock, passando a ouvir Elvis Presley, Bill Haley, Little Richard, Gene Vincent e Chuck Berry.

Em 1957, Arlênio Lívio, um colega de escola, levou Roberto Carlos para conhecer um grupo de amigos que se reunia na Rua do Matoso, no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro. Lá conheceu Sebastião (Tim) Maia, Edson Trindade, José Roberto "China" e Wellington. Formou com Arlênio, Trindade e Wellington o primeiro conjunto musical, The Sputniks. Certa vez, ele precisava da letra de "Hound Dog" - e o grande fã de Elvis Presley daquela turma de amigos era Erasmo (Carlos) Esteves. Desta forma, Roberto Carlos conheceu aquele que se tornaria o maior parceiro musical.

Tim Maia saiu dos Sputiniks e o grupo foi desfeito.

Edson Trindade, Arlênio e China formaram o grupo The Snakes, chamando Erasmo para ser crooner.

A carreira solo de Roberto foi iniciada no mesmo ano como "crooner" da boate do Hotel Plaza, em Copacabana, cantando samba-canção e bossa nova.

The Snakes acompanhavam tanto Roberto Carlos quando Tim Maia, contudo ambos nunca fizeram parte do grupo, Roberto Carlos passou a se apresentar com freqüência em clubes e festas. Roberto foi convidado por Carlos Imperial a se apresentar no programa musical "Clube do Rock", da TV Tupi. Carlos Imperial costumava apresentar Roberto Carlos como o "Elvis brasileiro" e Tim Maia como o "Little Richard brasileiro". No final daquela década, Roberto gravou alguns compactos e iniciava sua carreira oficialmente.

Em 1959, Roberto Carlos lançou "João e Maria/Fora do Tom", um compacto simples. Dois anos depois, ele lançava o primeiro álbum, "Louco Por Você". Imperial compôs boa parte das canções deste disco. O LP não teve sucesso, e hoje Roberto Carlos renega este LP.


Anos 1960: a Jovem Guarda
Roberto Carlos insistiu em investir na música jovem da época, o rock, e em 1962 lançou "Splish Splash". Com o amigo Erasmo, Roberto compunha versões de hits do álbum e canções próprias como "Splish Splash" e "Parei na Contramão", que se tornaram grandes sucessos. No ano seguinte, o cantor novamente esteve nas paradas de sucesso com o LP É Proibido Fumar, em que, além da faixa-título, destacou-se a canção "O Calhambeque". Assim nascia a Jovem Guarda.

Anos 1970: fase romântica
A partir da década de 1970, marcaria o fim da Jovem Guarda e consolidaria o prestígio de Roberto Carlos como intérprete romântico no Brasil e no exterior (Estados Unidos, Europa e América Latina). O cantor seria o artista brasileiro que mais venderia discos no país. Várias das suas canções foram gravadas por artistas como Julio Iglesias, Caravelli e Ray Conniff.

Em 1970, o cantor fez uma bem-sucedida temporada de shows no Canecão. No final daquele ano, foi lançado o álbum anual, que trouxe sucessos como "Ana", "Vista a Roupa Meu Bem" e "Jesus Cristo" , canção que também marcava sua aproximação com a religião.

Anos 1980: reconhecimento internacional
No início da década de 1980, participou de outra campanha, dessa vez para o Ano Internacional da Pessoa Deficiente. Em 1981, o cantor fez excursões internacionais e gravou o primeiro disco em inglês - outros seriam lançados em espanhol, italiano e francês. Também gravou o disco anual, que contou com sucessos como "Emoções", "Cama e Mesa" e "As Baleias".

Anos 1990: campeão de vendas e morte de Maria Rita
Durante a década de 1990, o sucesso de Roberto Carlos prosseguiu tanto em nível nacional quanto internacional. Em 1994,Roberto Carlos conseguiu bater os Beatles em vendagens na América Latina, vendendo mais de 70 milhões de discos.
Em 1998, foi diagnosticado câncer em Maria Rita. Roberto Carlos teve de conciliar a gravação do disco anual e o apoio à esposa internada em São Paulo. "Seu disco anual", que quase não foi lançado, tinha apenas quatro canções inéditas, entre elas "O Baile da Fazenda", uma parceria com Erasmo Carlos e que contou com a participação especial de Dominguinhos. Em 1999, o agravamento do estado de saúde de Maria Rita, seguido de sua morte em dezembro daquele ano, fez com que o cantor deixasse de apresentar o tradicional especial de final de ano na Rede Globo e não gravasse o disco anual. A gravadora Sony acabou lançando "Os 30 Grandes Sucessos (Vol. 1 e 2)", uma coletânea dupla com os maiores sucessos da carreira de Roberto e uma faixa-inédita, a religiosa "Todas as Nossas Senhoras", escrita com Erasmo.

Anos 2000-presente
Depois de um período de reclusão, Roberto Carlos retomou sua carreira com a turnê "Amor Sem Limite", inaugurada em Recife, em novembro de 2000, título da canção - feita em homenagem a Maria Rita - de maior destaque no álbum lançado em dezembro daquele mesmo ano. Ainda naquele ano, o cantor rompeu o contrato com a gravadora Sony (ex-CBS), após 39 anos de parceria.
Em janeiro de 2007, o cantor fez uma viagem à Espanha, onde gravou o primeiro álbum em espanhol em uma década. A Justiça deu ganho de causa a Roberto Carlos e o livro "Roberto Carlos em Detalhes" foi retirado das lojas ao final de fevereiro de 2007. Em 27 de abril de 2007, após longa audiência no Forum Criminal da Barra Funda, em São Paulo, foi determinado o recolhimento de todos os exemplares do livro. Em junho, fez apresentações no Canecão. Além de participações especiais dos cantores Gilberto Gil e Zeca Pagodinho, dos jornalistas Nelson Motta e Leda Nagle e atores e atrizes consagrados, o repertório do show contou com a íntegra de "É Preciso Saber Viver", canção cujo verso "se o bem e o mal existem" o cantor se recusava a cantar fazia muito tempo, em função do TOC (Transtorno Obsessivo-Compulsivo), de que falou descontraído e apontando melhoras. No final de julho, Roberto Carlos submeteu-se a uma cirurgia plástica para corrigir uma cicatriz do lado direito do pescoço, resultado de um acidente de carro que o cantor sofreu em julho de 1964, em Três Rios (Rio de Janeiro) - quando o automóvel que dirigia capotou e Roberto levou 16 pontos.

ATENÇÃO!!! TEREMOS SHOW EM DA SUA TURNÊ AQUI EM PERNAMBUCO TAMBÉM! CONFIRA QUANDO E ONDE SERÃO:

Enorme procura para ingressos nos shows em Caruaru (6 de maio) e Recife (8 e 9 de maio). Ainda podem ser encontrados através do Ingresso Rápido (telefone 4003 1212 ou http://www.ingressorapido.com.br/ ) ou ainda em Caruaru no Palladium (Rodovia BR 104 Nova Caruaru, Caruaru - das 10 às 20hs) e em Recife no Chevrolet Hall (Complexo do Salgadinho s/no – Olinda das 10 às 20hs).

Fontes: Wikipédia e http://www.rc50anos.com.br/

INCONFIDÊNCIA MINEIRA

O dia 21 é feriado: Tiradentes. Saiba mais sobre o que aconteceu e quem foi esse mártir que mereceu um feriado em sua memória


Ouro por todos os cantos .... na cabeça daquela gente, sobretudo. Intrigava-se, traia-se, matava-se por motivo fútil, movidos por cega ambição. E houve guerra, que durou três anos entre paulistas e portugueses apelidados de Emboabas (palavras indígena relacionada, segundo a tradição, com as botas que usavam). Os portugueses acabaram vencendo, não sem antes traírem os paulistas junto de um mato que, por essa razão, ficou sendo chamado de Capão da Traição. E os trucidados foram tantos que o rio vizinho, já marcado por tragédias anteriores, mais ainda mereceu o nome de Rio das Mortes (1710). Pouco depois era confiscada e destruída em Lisboa a edição do livro do jesuíta Antonil Cultura e Opulência do Brasil por suas drogas e minas . Ciumento das riquezas da colônia distante. Sua Majestade receava que o livro atiçasse a cobiça de novos aventureiros.

O Imposto do Quinto
Em Portugal, o rei Dom João V sorria, feliz com a maravilhosa descoberta na colônia distante. E tratou logo de regularizar a coisa, criando no Brasil o imposto do “Quinto” e decretando a fundação de “Casas de Intendência” para fiscalização e controle da produção. Todo aquele que extraísse ouro nas grupiaras, nas minas ou no cascalho dos rios, obrigava-se a levá-lo à Intendência para que fosse pesado, fundido e transformado em barras. A Quinta parte ficava reservada para a coroa de Portugal. As barras, devidamente tocadas, eram datadas e levadas à prensa real, onde recebiam o cunho com as armas portuguesas e o nome da Casa de Intendência na qual haviam se submetido a essa operação, sendo posteriormente entregues ao dono, juntamente com um certificado, assinado pelo intendente, nomeado pelo rei de Portugal declarando ser o Senhor X o legítimo possuidor da preciosa lâmina. Esta valia como dinheiro e com ela negociava-se livremente. Ai daquele que fosse pilhado com o ouro não “quintado” ! Acabava os dias numa masmorra, ou então era degradado para a África. Inconformados, alguns espertalhões burlavam a lei por todos os meios. Diz a tradição que chegaram ao cúmulo de mandar esculpir na madeira imagens ocas de santos, enchendo-as de ouro em pó. Assim camuflado, o contrabando passava facilmente nos postos de fiscalização e era enviado para longe.

A Inconfidência Mineira
O imposto devido ao rei de Portugal aumentava dia a dia, oprimindo e desesperando o povo, que já não sabia mais de onde tirar ouro para atender a “Derrama”. Sonhos de liberdade e independência foram tomando corpo, alimentados põe leituras de Rousseau e Voltaire. E começou-se a conspirar. Um pretexto para a revolta foi a chegada do Visconde de Barbacena, então governador da Capitania (1788), encarregado de fazer vigorar nova e pesada taxa suplementar de impostos. Pessoas inteligentes, cultas, estavam implicadas no plano: magistrados e poetas, como Cláudio Manuel da Costa, antigo secretário do governo, autor do poema “Vila Rica” e Tomás Antônio Gonzaga, que escreveu “Marília de Dirceu”, considerado como “o mais belo e célebre poema de amor da língua portuguesa”. O mais entusiasmado na conspiração era o alferes Joaquim José da Silva Xavier (1748 – 1792), apelidado de Tiradentes. “pela prenda de pôr e tirar os dentes”. Idealista, impetuoso e inocente; o alferes não se continha e espalhava a idéia por todos os cantos, o que lhe acabou sendo fatal. Tiradentes nasceu na Fazenda do Pombal, região do Rio das Mortes, hoje município de Ritápolis.

A Traição
Do movimento, mais tarde conhecido como “Inconfidência Mineira”, só restou o ideal, porque os conspiradores foram denunciados pelo Coronel Joaquim Silvério dos Reis, que contou o plano ao Visconde de Barbacena, traindo os companheiros em troca de pensão para o resto da vida, perdão de suas muitas dívidas e medalha para o peito infame. O Visconde de Barbacena imediatamente suspendeu a “Derrama” e mandou prender os inconfidentes. Os castigos incluíram desde pena de morte, degredo perpétuo ou temporário até confisco de bens. Cláudio Manuel da Costa, ao que consta, teria se enforcado na Casa dos Contos de Vila Rica, onde o levaram preso. Gonzaga seguiu desterrado para Moçambique, pois tivera a pena de morte comutada, assim como os outros. Todos, menos Tiradentes.

O Enforcamento
Tiradentes não negou a culpa, como os outros, e chamou a si a responsabilidade da conspiração. Desarmado pela própria pureza, abandonado na hora grave, sem defensores nem dinheiro, enfrentou três anos de prisão e suportou a desgraça sozinho. Conta-se que, quando o carrasco foi busca-lo na cela e, segundo o ritual, lhe pediu perdão pelo que iria fazer, o alferes humildemente lhe quis beijar os pés, as mãos e se lhe entregou sem resistência.

O corpo de Tiradentes foi esquartejado e seus membros ficaram expostos em lugares diversos. A cabeça foi exibida como troféu em cima de um poste na praça de Ouro Preto que hoje tem seu nome.


Estes dados foram baseados no ensaio “Três séculos de Minas”, do professor Francisco Iglésias, publicado durante o 8º Festival de Inverno de Ouro Preto.

Fonte: tiradentes.net

segunda-feira, 13 de abril de 2009

PAIXÃO DE CRISTO DE NOVA JERUSALÉM - PERNAMBUCO

GENTE! EU FUI!!!

Não sei se todo mundo que tem a oportunidade de ver esse espetáculo, sente a mesma coisa (desconfio que sim!) mas, eu estou muito feliz de ter ido lá.
Não é só por ser um espetáculo grandioso (o maior teatro ao ar livre do Mundo!) e belíssimo, que arrebata mais de 10 mil pessoas por noite, mas, principalmente por que o maior acontecimento da história foi a ressurreição de Cristo! O espetáculo une a beleza e importância da mensagem de Cristo, com a técnica irretocável dos muitos artistas (famosos e anônimos). É emoção e deslumbramento a cada cena!

Veja um pouco do que acontece lá. Confira os cenários da Paixão de Cristo, e não deixe de visitar os links relacionados no final da postagem!


CENÁRIO I - O Sermão



CENÁRIO II - O Templo de Jerusalém



CENÁRIO III – O Cenáculo



CENÁRIO IV – O Horto



CENÁRIO V – O Palácio de Herodes



CENÁRIO VI – O Fórum Romano



CENÁRIO VII – A Via Sacra



CENÁRIO VIII – O Calvário



CENÁRIO IX – O Sepulcro



Links Relacionados

Elenco
Ficha técnica
História da paixão
O espetáculo
O idealizador

Paixão cena a cena

Para mais informações, visite: www.novajerusalem.com.br



quinta-feira, 9 de abril de 2009

SEMANA SANTA PELO MUNDO

De Paixão de Cristo em Pernambuco até ode a ancestrais na China, saiba como diversas culturas comemoram a Páscoa

Engana-se quem pensa que o mundo inteiro come ovos de chocolate na Páscoa. Os festejos para essa data possuem variações de origem em cada região do planeta, e é isso que faz esta festa uma das mais diversificadas da cultura global.

Desfile em Lorca, na Espanha. Personagens bíblicos e da história antiga envoltos em ouro atraem turistas


Na Espanha, em especial na cidade de Lorca, a Páscoa é celebrada com luxo e teatralidade. Não se assuste se, ao andar pelas ruas na época da semana santa, você ver figuras como Cleópatra, Júlio César, Nero e Moisés desfilando juntos. É costume que personagens bíblicos e da história e da literatura apareçam envoltos em mantos de seda e ouro, sobre carros alegóricos e cavalos adestrados, tudo para comemorar a páscoa.


O esbanje e a encenação presentes na festa parece atrair os viajantes para Lorca. A cidade recebeu em 2007 o título de Semana Santa de interesse turístico internacional e a cada ano honra mais seu título. Já em Sevilha, são feitas procissões com os fiéis encapuzados espalhando incenso pelas ruas. Alguns até mesmo se auto-flagelam para punirem-se de seus pecados.



Fiéis caminham encapuzados em Sevilha, espalhando incenso pela cidade


Mulher na China homenageia seus ancestrais no Ching Ming, que ocorre na data da semana santa


Enquanto acontece a semana santa aqui no ocidente, na China comemora-se simultaneamente um feriado chamado Ching Ming, no qual as pessoas visitam os túmulos dos ancestrais e deixam oferendas para eles, como forma de satisfazê-los em relação aos seus descendentes.

Aqui no Brasil, enquanto uns aproveitam a semana santa para descansar, outros a celebram a páscoa é comemorada por meio de tours da fé e de entretenimento. Dentre os principais pontos considerados “relíquias religiosas” no país, encontra-se Nova Jerusalém, em Pernambuco.

Cena da Paixão de Cristo apresentada em Nova Jerusalém




Neste ano, Murilo Rosa interpretará Jesus, enquanto Oscar Magrini será Poncio Pilatos


A cidade que imita um pedaço da Jerusalém original possui uma programação especial na Páscoa. Lá é encenada a “Paixão de Cristo” mais famosa do Brasil, que atrai uma platéia de em média dois milhões de pessoas por ano. Em um palco ao ar livre, o evento traz sempre grandes atores da atualidade para representar a trajetória de Cristo, esse ano, interpretado por Murilo Rosa. Nesses quatro dias de feriado, ganhar ovo de chocolate é só detalhe.

Fonte: MSN



A ORIGEM DA PÁSCOA

A Páscoa é uma data-base no calendário cristão e deve ser celebrada no primeiro domingo seguinte à lua cheia depois do dia 21 de março (início da Primavera), conforme as tradições. Existe uma complicada fórmula matemática para calcular essa data. A partir da Páscoa, determina-se facilmente as outras datas móveis: o domingo de Carnaval ocorrerá sempre 49 dias antes da Páscoa e o dia de Corpus Christi, 60 dias depois.
Para os cristãos, a Páscoa representa a ressurreição de Cristo, três dias depois de sua morte na cruz. Para os judeus, que não reconhecem a figura de Cristo, a comemoração ocorre durante a semana seguinte à da Páscoa cristã.

Ovos - A Páscoa sempre foi considerada o símbolo de uma nova vida, e o ovo pascal já era conhecido pelos judeus com a mesma simbologia. O ovo também aparece na mitologia pagã, com as histórias do Pássaro-Sol saindo do Ovo Mundial. Em alguns costumes pagãos, o Céu e a Terra são formados pelas duas metades de um ovo. Como o ovo era um símbolo óbvio da Ressurreição de Jesus para os antigos cristãos, tornou-se parte das festas cristãs da Ressurreição na Páscoa.

A pintura dos ovos com cores vivas simboliza as cores trazidas pelo Sol na Primavera. A tradição dos ovos decorados chegou à Europa na Idade Média, levada pelos cruzados - era prática comum entre egípcios, persas, fenícios, gregos e romanos pintar ovos para oferecê-los como presente em seus festivais de Primavera. Na Polônia e na Ucrânia, essa tradição foi levada muito a sério. Edward I registra em 1290 a despesa de compra de milhares de ovos para serem distribuídos às pessoas de sua corte. No século XVII, o papa Paulo V abençoou um simples ovo a ser usado na Inglaterra, Escócia e Irlanda. Na Alemanha, é antigo o costume de dar ovos de Páscoa às crianças, junto com outros presentes.


Em partes da Europa, as tribos tinham uma forma abreviada de chamar Eostre, a deusa da Primavera, e que começou a ser usada para descrever a direção do nascente - Leste. Daí a palavra Easter. As primeiras cestas de Páscoa se assemelhavam aos ninhos de pássaros. Antes, as pessoas colocavam os ovos nos ninhos em honra da deusa Eostre.




Romanos - Os antigos romanos promoviam corridas pascoalinas em circuitos ovais e dando ovos de presente. Dois tradicionais torneios pascoalinos eram a busca e a rolagem dos ovos de Páscoa. A busca era feita pelas crianças na manhã da Páscoa, nas dependências da casa e mesmo fora das residências, com as crianças mais velhas ajudando as mais novas. Havia prêmios especiais em doces para quem encontrasse mais ovos. Numa celebração comunitária da Páscoa, outros ovos eram escondidos em lugares públicos, para serem encontrados pelas crianças. Já a rolagem dos ovos era um torneio com prêmio para quem rolasse os ovos sem quebrar, na maior distância, geralmente colina abaixo.

Os desfiles de Páscoa, como os realizados em Nova York, começaram na Idade Média, como continuação do Passeio de Páscoa, em que as pessoas das cidades usavam suas melhores roupas no passeio das igrejas aos campos. E o costume de usar roupas novas na Páscoa começou no ano 300, com o primeiro imperador cristão, Constantino: ele decretou que os membros de sua corte deveriam trajar as melhores roupas nesse dia.

Coelho por lebre - O coelho de Páscoa é uma versão moderna de um símbolo pascoalino muito antigo. A lebre (parente do coelho) era sagrada para a deusa Eostre. No século XVIII, colonizadores alemães levaram para os Estados Unidos a idéia dos coelhos de Páscoa.

O costume de procurar os ovos de Páscoa foi iniciado por uma duquesa alemã, ao dizer que os brilhantes ovos de Páscoa tinham sido deixados pelos coelhos para as crianças, que tinham como passatempo encontrá-los.

Segundo uma antiga tradição, o quarto presidente (de 1809 a 1817) dos Estados Unidos, James Madison; sua mulher Dolly (ou Dolley) e o filho John iniciaram na Casa Branca o costume de na segunda-feira de Páscoa fazerem anualmente uma festa em que as crianças procuram os ovos escondidos na Casa Branca. Em 1878, essa tradição estava descontinuada, talvez em função de protestos de crianças pobres que marchavam com seus cestos até a Casa Branca. Elas foram convidadas a entrar na Casa Branca pelo presidente Rutherford B. Hayes e sua esposa, retomando a tradição.


Tradições - Existem muitas tradições pascoalinas, em todo o mundo. As crianças canadenses acreditam que o coelho da Páscoa lhes trará ovos coloridos, normalmente confeitados. As famílias celebram a data comprando novas roupas, preparando cardápios especiais, além de participarem dos serviços religiosos pascoalinos.
Em certos lugares da Alemanha e da Áustria, ovos verdes eram usados na Quinta-feira Santa. Povos eslavos decoravam seus ovos em padrões especiais de ouro e prata. Artistas austríacos desenhavam padrões aplicando plantas novas e pequenas em volta dos ovos, que eram então cozidos. As plantas eram então removidas, revelando um extraordinário padrão branco.

Na Alemanha e em outros países, os ovos cozidos não são quebrados, mas seu conteúdo é removido por um furo na base de cada ovo. Os ovos assim esvaziados são colocados para secar em arbustos e árvores durante a semanada Páscoa. Os armênios costumam decorar os ovos vazios com imagens de Cristo, da Virgem Maria e outras imagens religiosas.



Bruxas - Na Suécia, os rituais são parecidos, incluindo o Domingo de Ramos, que marca a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, recebido com ramos de palmeiras. Existe a superstição de que as bruxas ficam especialmente poderosas nesta semana. Numa terça-feira como a de hoje, elas voam em suas vassouras para se juntar ao demônio num lugar chamado “Blakulla”, retornando no sábado seguinte. Na manhã de Páscoa, as pessoas temem acender suas lareiras, porque as bruxas de Páscoa podem ter deixado algum feitiço sobre as chaminés, a caminho de Blakulla. Para se assegurarem de que estão livres de feitiços, queimam nove tipos diferentes de árvores antigas.

Para que as vassouras das bruxas voem, são molhadas com uma poção secreta, segundo a lenda, e elas se reúnem nas torres das igrejas para seguirem juntas até Blakulla. Aproveitam para raspar algum metal dos sinos, pois este seria usado nessa poção. Assim, é prova de coragem entre os rapazes passar num campanário a noite anterior à Páscoa, sem fazer qualquer movimento, pois se forem descobertos pelas bruxas tornam-se instantaneamente calvos. Também são comuns cruzes e outros símbolos sacros nas portas, tiros para o céu e outras práticas anti-bruxas.

Crianças suecas costumam se vestir de bruxas (como no Dia das Bruxas dos Estados Unidos, doces ou travessuras), levando pequenos cartões decorados (Easter letters). Na área ocidental do país, os cartões são colocados nas caixas de correio ou sob as portas, mantendo-se secreta a identidade de quem os envia.

Na tarde antes da Páscoa, costumam comer ovos de Páscoa, que são cozidos e em muitos casos decorados, mas longe das tradições existentes em outros países. Nas manhãs de Páscoa, bem cedo, os rapazes se reúnem nas vilas, munidos de galhos, e percorrem cada fazenda na região, batendo com os galhos nas garotas, até que elas lhes dêem de beber algo que não seja água. Depois de algumas incursões, podem ser bem desagradáveis. Na noite seguinte, em algumas regiões do país, elas se vingam, aplicando-lhes seu próprio remédio...

Na quarta-feira antes da Páscoa (Dymmelsonsdagen), é comum prender objetos atrás das roupas das vítimas, de forma a que nada suspeitem e fiquem circulando com esses objetos pelo maior tempo possível.


Fonte: Novo Milênio

FRASES FAMOSAS

FRASES FAMOSAS
No site Frases Famosas tem uma infinidade de frases históricas. Sempre é muito bom lembra-las, muitas vezes são até oportunas. Tem também algumas pérolas e frases de famosos da atualidade. É SÓ CLICAR NA IMAGEM!